publicidade
Blog Quem Bahia

Por João Mascarenhas

Notícias

Delegacias especializadas atendem foliões nos circuitos do Carnaval

03 mar 2019

| 09:14h | Notícias
Delegacias especializadas atendem foliões nos circuitos do Carnaval

Até o final do Carnaval, baianos e turistas contam com postos avançados de unidades especializadas da Polícia Civil da Bahia, em diferentes pontos da folia. O intuito é facilitar o registro e o acompanhamento de ocorrências envolvendo mulheres, adolescentes e vítimas de crimes de racismo e intolerância.
 
Casos bastante comuns no cotidiano da Bahia, sobretudo de Salvador, o racismo e a intolerância religiosa estão sendo foco de um projeto-piloto este ano: o Posto de Atendimento a Vítimas de Crimes de Racismo e Outros Delitos de Intolerância (Pavri), instalado pela primeira vez no Carnaval de Salvador. A unidade foi montada no Largo Dois de Julho e é resultado de parceria entre a Polícia Civil e a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado (Sepromi). 
 
A delegada-plantonista do Pavri, Jussara Souza ressalta que o Pavri tem um papel muito importante de prevenção e repressão a esses tipos de crime. “Nosso papel principal é prestar um atendimento especializado e qualificado para essas vítimas que já são vulnerabilizadas pela sociedade. Estudos estão sendo feitos com o apoio da Sepromi, e o Pavri deve virar uma delegacia especializada permanente”, explicou a delegada.
 
De acordo com a titular da Sepromi, Fabya Reis, "é preciso parabenizar a Polícia Civil que traz esse posto avançado, uma demanda do movimento negro, por conta, justamente, do racismo estrutural. Isso mostra o fortalecimento do governo estadual, pois além do Centro de Referência Nelson Mandela, que acolhe casos e presta assistência psicológica e jurídica a vítimas de racismo e intolerância, dispõe do Pavri. Esses são instrumentos que ajudam a coibir, na Bahia, as práticas racistas e intolerantes", destacou.
 
Violência contra a Mulher
 
Mulheres que sofrerem agressões, dentro e fora da festa, poderão ir ao Largo Dois de Julho; na Rua Airosa Galvão, na Barra; ou na Avenida Adhemar de Barros. Casos que necessitem de maior atenção serão encaminhados para a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Brotas, que funcionará 24 horas por dia.
 
A professora Iracema Gonzaga mora em Buerarema e veio curtir a folia em Salvador. Hospedada bem próximo ao posto da Deam, no Dois de Julho, ela reconhece a importância dessas unidades distribuídas pelos circuitos da festa. "Ontem uma moça foi agredida aqui perto, pelo companheiro, e uma das pessoas presentes correu para o posto da Deam e chamou os policiais, que prenderam o rapaz em flagrante. Se não houvesse esse posto, ele não teria sido pego".
 
Crianças e adolescentes
 
Episódios com crianças e adolescentes poderão ser acompanhados por policiais lotados em postos avançados da Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), no Passeio Público, na Praça da Piedade e, ainda, no Circuito Dodô, na Avenida Adhemar de Barros e no Shopping Barra. 
 
Outra especializada que lida com esse público, a Delegacia Especializada de Repressão a Crime Contra Criança e Adolescente (Derca) conta com uma equipe no Plantão Integrado de Segurança. Montada na sede da Superintendência de Proteção ao Consumidor (Procon-BA), na Rua Carlos Gomes, a ação reúne diversos órgãos em prol da garantia e fomento dos direitos humanos.
 
A coordenadora das Delegacias Especializadas da Polícia Civil, Claudenice Maio, alerta que "casos envolvendo menores, que não ocorrerem violência sexual, podem ser registrados em qualquer posto, relacionando a criança ou o adolescente como vítima".
 
Mais ações
 
Além dessas frentes, a Polícia Civil segue com forte atuação em diferentes pontos da capital e de todo o estado. Todas as unidades da corporação montaram um esquema especial de plantão e inúmeros policiais circulam, à paisana, infiltrados nos circuitos, a fim de combater o crime organizado.
 
O registro de furtos, perdas ou extravios de documentos e objetos no Carnaval pode ser realizado pela Delegacia Digital. O procedimento é simples, podendo ser feito de qualquer computador ou dispositivo com internet, através do site www.delegaciadigital.ssp.ba.gov.br.
 
 
Repórter: Renata Preza

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Quem bahia. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.



Arquivo de Matérias



Publicidade

Podcast

Prefeito Colbert apresenta projeto educacional depois do Governo obter a posse do Feira Tênis Clube

Minha Figura
00:00
Download

Fotos

Twitter

© 2009 - 2019. QuemBahia.com - Todos os direitos reservados.     Painel administrativo.